Sintomas da Tireoide
Sintomas da Tireoide

Os hormônios da tireoide são essenciais para o desenvolvimento do sistema nervoso das crianças e para o controle das atividades metabólicas nos adultos, afetando a função de praticamente todos os órgãos do nosso corpo. As doenças da glândula tireoide são das mais comuns da prática médica. Neste texto vamos explicar os sintomas da tireoide e as diferenças entrehipertireoidismo e hipotireoidismo.

Este texto é uma visão geral sobre a tireoide e suas doenças. Após a sua leitura, não deixe também de ler nossos artigos específicos sobre as principais doenças da tireoide para ter informações mais completas sobre este órgão:

HIPOTIREOIDISMO (TIREOIDITE DE HASHIMOTO)
HIPOTIREOIDSMO | Perguntas frequentes 
HIPERTIREOIDISMO E DOENÇA DE GRAVES
NÓDULO DE TIREOIDE | Diagnóstico e como diferenciá-lo do câncer

Vamos esclarecer uma coisa logo no começo, tireoide (ou tiroide) é um órgão e não uma doença. É muito comum ouvirmos as pessoas dizerem que têm tireoide como se isso fosse um problema de saúde. Ora, tireoide todo mundo tem, isto não quer dizer nada. Dizer "eu tenho tireoide" é o mesmo que dizer "eu tenho cérebro" ou "eu tenho fígado" etc... Para haver algum significado é preciso dizer qual o problema que a tiroide apresenta, por exemplo, hipotireoidismo, hipertireoidismo, câncer de tireoide, nódulo na tireoide, etc...

O que é a tireoide?

Localização da glândula tiroide
Localização da glândula tireoide

A tiroide (ou tireoide) é uma glândula em formato de borboleta localizada na base do pescoço, à frente da traqueia e logo abaixo da cartilagem tireoide (mais conhecida como pomo-de-adão). A glândula tireoide produz dois hormônios chamados de triiodotironina e tiroxina, mais conhecidos como T3 e T4, respectivamente. Esses hormônios são os responsáveis pelo metabolismo do corpo, ou seja, o modo como o organismo armazena e gasta energia.

Quando a tireoide funciona muito e produz hormônios em excesso, chamamos de hipertireoidismo. Quando funciona pouco ou quando esta foi removida cirurgicamente devido a um tumor, chamamos de hipotireoidismo.

Reforçando o conceito:
 
Hipertireoidismo = produção exagerada de hormônios tireoidianos
Hipotireoidismo = produção insuficiente de hormônios tireoidianos

A falta de hormônios tireoidianos ou hipotireoidismo, diminui nosso metabolismo e causa os seguintes problemas:

Sinais e sintomas do hipotireoidismo

- Bócio (veja mais abaixo)
- Astenia
- Pele seca
- Dor nas articulações
- Síndrome do túnel do carpo (leia: SÍNDROME DO TÚNEL DO CARPO | Sintomas e tratamento)
- Constipação intestinal (prisão de ventre)
- Aumento do colesterol (leia: colesterol HDL, colesterol LDL e triglicerídeos)
- Alterações da menstruação
- Ganho de peso
- Intolerância ao frio
- Perda de cabelo
- Letargia
- Edemas (Inchaços)
- Coma (em casos graves e não tratados)

Sintomas da tireóide - Hipertireoidismo - proptose
Proptose - sintoma do hipertireoidismo

Já o excesso de hormônios, chamado de hipertireoidismo, causa:

Sinais e sintomas do hipertireoidismo

- Aumento do suor
- Intolerância ao calor
- Proptose do olho (olhos esbugalhados)
- Palpitações e arritmias cardíacas

Sintomas tireoide - Bócio
Bócio - Pode ocorrer no hiper e no hipotireoidismo

- Perda de peso
- Aumento da sede e da fome
- Irritabilidade e ansiedade
- Tremores das mãos

O bócio é o aumento de tamanho da tireoide que pode ser notado como um abaulamento na região anterior do pescoço. Pode ocorrer no hipotireoidismo e no hipertireoidismo.

O bócio era um sinal muito comum até o início do século XX devido à deficiência de iodo na alimentação (o iodo é um elemento necessário para a formação dos hormônios tireoidianos). A partir da metade do século passado, o iodo foi adicionado ao sal de cozinha e desde então a sua carência deixou de ser uma causa comum de bócio.

As principais causas de hipotireoidismo e hipertireoidismo são as doenças auto-imunes (aquelas em que o organismo indevidamente produz anticorpos conta ele mesmo - leia: DOENÇA AUTO-IMUNE), a destacar a doença de Graves no hipertireoidismo e a doença de Hashimoto no hipotireoidismo. A remoção cirúrgica da tireoide, ou a sua destruição por iodo radioativo também são causas comuns de hipotireoidismo.

O diagnóstico, em geral, é feito com análises de sangue, através da dosagem dos hormônios TSH e T4 livre. Nos textos sobre hipertireoidismo e hipotireoidismo explicamos com mais detalhes os efeitos do TSH sobre a tiroide.

O tratamento é feito com reposição de hormônios no hipotireoidismo ou com drogas que inibem a produção dos mesmos no hipertireoidismo.


Votação
O que você acha desse site? Dê sua nota
9|95|blue
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (2623 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...