Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
O Assoalho Pélvico
O Assoalho Pélvico

Falamos muito sobre o períneo, musculatura do períneo e ainda vamos falar mais, incluindo nomes como assoalho pélvico, diafragma pélvico e diafragma urogenital.

Mas, afinal de contas, o que exatamente são esses músculos? São estes:

De cima para baixo, podemos observar o púbis, a uretra, o canal vaginal, o reto e, um pouco mais para baixo, o sacro. Assim, é possível observar que não existem ossos que seguram os órgãos da pelve (útero, bexiga, ovários, reto) e, por isso, quando estes músculos se enfraquecem, os órgãos podem se deslocar e funcionar de forma inadequada. Existem outras estruturas que ajudam a segurar este órgãos, os ligamentos, que são tecidos diferentes dos músculos porque não podem se contrair e, de forma similar a um elástico antigo, se tornam mais frouxos com o passar do tempo.

Estes são os nomes dos músculos:

O músculos do diafragma pélvico são aqueles que efetivamente sustentam os órgãos da pelve, enquanto os músculos do diafragma urogenital são aqueles que exercem a função de continência, ou seja, de segurar a urina e até mesmo as fezes. São todos interdependentes, atuando como uma unidade. Portanto, se um enfraquece, os outros começam a se deteriorar logo em seguida.

Além de dependerem uns dos outros, estes músculos também atuam em sincronia com os músculos abdominais e os músculos respiratórios, principalmente o diafragma. Por isso, atitudes como fazer uma força excessiva prendendo a respiração (manobra de valsalva) exigem que estes músculos trabalhem muito acima de sua capacidade. Quando estas atitudes são frequentes, os músculos sofrem como se estivessem fazendo uma musculação forçada e desgastante. Por isso, até mesmo técnicas respiratórias são utilizadas para tratar problemas da musculatura do períneo.

 

Votação
O que você acha desse site? Dê sua nota
9|95|blue
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (2622 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...