Crie seu próprio Site Grátis! Templates em HTML5 e Flash, Galerias em 2D e 3D, Widgets, Publicação do Site e muito mais!
fotos de expressão facial e seus significados
fotos de expressão facial e seus significados

 

  

 

 

 

 

 

Linguagem não verbal das emoções : Tristeza e angústia

Já havia começado a falar sobre expressões faciais, neste post . De fato acabei lendo bastante sobre o assunto, porém acabei não prosseguindo com a ideia por aqui.

Darwin já havia descrito as emoções humanas em seu livro “A expressão das emoções nos homens e nos animais”, lançado 13 anos após a 1ª edição de a origem das espécies. Partindo do mesmo pressuposto, Paul Ekman passou a pesquisar como as emoções se manifestam na face humana . Ele constatou as mesmas emoções ‘puras’ que Darwin havia descrito: tristeza (ou angústia) , raiva, surpresa, medo, aversão, desprezo e  felicidade.

Neste post abordarei como identificar expressões de tristeza e angústia- ambas se manifestam da mesma forma semelhante, poderia até se dizer que a angústia é um estado ‘pré-tristeza’. De fato, não existe uma distinção clara entre as expressões, que pertencem a estes dois sentimentos.

Para identificar uma emoção é necessário saber quais os musculos que envolvem sua expressão facial. Primeiro dê uma olhada na face neutra e os músculos de expressão:

Identificar emoções pode ser bastante útil em alguns casos (jogar poker é um bom exemplo), porém é preciso tomar cuidado com três coisas:

A) focar na observação durante uma conversa pode diminuir sua capacidade de prestar atenção no que o outro está falando

B) Se você identifica uma emoção que não foi expressa a você (nota sinais de tristeza, por exemplo), você não tem o direito de inferir que o outro está sentindo aquilo. A isso chama-se ‘erro de othello’ . Uma pessoa que está falando com você e de repente demonstra sinais de raiva: não significa que ela está com raiva de você, ela pode apenas ter lembrado de um fato que a deixou irritada.

C) Se uma pessoa optou por não verbalizar algo ( demonstra estar triste mas não falou sobre isso com você), você pode até perguntar o que a deixou triste, mas lembre-se: você está obtendo uma informação que esta pessoa não lhe deu. Então esteja pronto para escutar a resposta e reagir adequadamente.

Para melhor proveito, recomendo que primeiramente, siga esse exercício de simulação de expressão de tristeza proposto por Paul Ekman:

 

 

Deixe a boca aberta cair.

-abaixe os cantos da boca

-Enquanto você os mantém pra baixo, tente erguer as bochechas, como se estivesse apertando os olhos, puxando em oposição aos cantos da boca.

-Mantenha essa tensão entre as bochechas levantadas e os cantos da boca abaixados.

-Abaixe o olhar e deixe as pálpebras superiores penderem.

-Puxe para cima os cantos internos das sobrancelhas , no meio da testa, não até o alto

-Pode ajudar se você também puxar para cima e unir as sobrancelhas, no meio da testa.

-Abaixe o olhar e deixe as pálpebras superiores se curvarem

Identificando sinais de Tristeza e Angústia:

Vamos às partes que caracterizam uma expressão de angústia. Vou mostrar uma foto caracterizando a expressão e abaixo o que ela identifica.

Sobrancelhas:A gabela, pálpebra superior e as sobrancelhas inclinam para dentro como se quisessem se encostar –  formando linhas verticais na testa. Juntando esses traços, forma-se uma ‘ferradura’ – fazendo uma ligação o ângulo interno de uma sobrancelha com as linhas horizontais da testa e a linha horizontal da testa com o canto interno da outra sobrancelha( fica mais fácil visualizar ao simular essa expressão frente ao espelho).

ex:


Pálpebras: na tristeza as pálpebras superiores se caracterizam por estarem caídas. Quando apenas este sinal é o que aparece pode ser confundido com cansaço. Outra característica é que o olhar geralmente está voltado para baixo

ex:

Lábio: esticados horizontalmente.lábio inferior pressionado pra cima (possivelmente pode estar tremendo). Os cantos da boca ficam cantos da boca abaixados ( é difícil de notar quando os lábios não estão esticados ou as bochechas levantadas)

ex:

Navegação de Posts

ekman musculos

Linguagem não verbal das emoções : Tristeza e angústia

Já havia começado a falar sobre expressões faciais, neste post . De fato acabei lendo bastante sobre o assunto, porém acabei não prosseguindo com a ideia por aqui.

Darwin já havia descrito as emoções 

humanas
 em seu livro “A expressão das emoções nos homens e nos animais”, lançado 13 anos após a 1ª edição de a origem das espécies. Partindo do mesmo pressuposto, Paul Ekman passou a pesquisar como as emoções se manifestam na face humana . Ele constatou as mesmas emoções ‘puras’ que Darwin havia descrito: tristeza (ou angústia) , raiva, surpresa, medo, aversão, desprezo e  felicidade.

 

Neste post abordarei como identificar expressões de tristeza e angústia- ambas se manifestam da mesma forma semelhante, poderia até se dizer que a angústia é um estado ‘pré-tristeza’. De fato, não existe uma distinção clara entre as expressões, que pertencem a estes dois sentimentos.

Para identificar uma emoção é necessário saber quais os musculos que envolvem sua expressão facial. Primeiro dê uma olhada na face neutra e os músculos de expressão:

Identificar emoções pode ser bastante útil em alguns casos (jogar poker é um bom exemplo), porém é preciso tomar cuidado com três coisas:

A) focar na observação durante uma conversa pode diminuir sua capacidade de prestar atenção no que o outro está falando

B) Se você identifica uma emoção que não foi expressa a você (nota sinais de tristeza, por exemplo), você não tem o direito de inferir que o outro está sentindo aquilo. A isso chama-se ‘erro de othello’ . Uma pessoa que está falando com você e de repente demonstra sinais de raiva: não significa que ela está com raiva de você, ela pode apenas ter lembrado de um fato que a deixou irritada.

C) Se uma pessoa optou por não verbalizar algo ( demonstra estar triste mas não falou sobre isso com você), você pode até perguntar o que a deixou triste, mas lembre-se: você está obtendo uma informação que esta pessoa não lhe deu. Então esteja pronto para escutar a resposta e reagir adequadamente.

Para melhor proveito, recomendo que primeiramente, siga esse exercício de simulação de expressão de tristeza proposto por Paul Ekman:

-Deixe a boca aberta cair.

-abaixe os cantos da boca

-Enquanto você os mantém pra baixo, tente erguer as bochechas, como se estivesse apertando os olhos, puxando em oposição aos cantos da boca.

-Mantenha essa tensão entre as bochechas levantadas e os cantos da boca abaixados.

-Abaixe o olhar e deixe as pálpebras superiores penderem.

-Puxe para cima os cantos internos das sobrancelhas , no meio da testa, não até o alto

-Pode ajudar se você também puxar para cima e unir as sobrancelhas, no meio da testa.

-Abaixe o olhar e deixe as pálpebras superiores se curvarem

Identificando sinais de Tristeza e Angústia:

Vamos às partes que caracterizam uma expressão de angústia. Vou mostrar uma foto caracterizando a expressão e abaixo o que ela identifica.

Sobrancelhas:A gabela, pálpebra superior e as sobrancelhas inclinam para dentro como se quisessem se encostar –  formando linhas verticais na testa. Juntando esses traços, forma-se uma ‘ferradura’ – fazendo uma ligação o ângulo interno de uma sobrancelha com as linhas horizontais da testa e a linha horizontal da testa com o canto interno da outra sobrancelha( fica mais fácil visualizar ao simular essa expressão frente ao espelho).

 

 

 

 

Pálpebras: na tristeza as pálpebras superiores se caracterizam por estarem caídas. Quando apenas este sinal é o que aparece pode ser confundido com cansaço. Outra característica é que o olhar geralmente está voltado para baixo

 

 

 

 

 

 

 

 

Lábio: esticados horizontalmente.lábio inferior pressionado pra cima (possivelmente pode estar tremendo). Os cantos da boca ficam cantos da boca abaixados ( é difícil de notar quando os lábios não estão esticados ou as bochechas levantadas)

 

 

 

 

 

 

 

 

Protuberância Mentual  : a protuberância mentual é a área entre o queixo e a boca. (Ela produz um ‘beiço’ quando empurrado para cima).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bochechas: na angústia as bochechas se levantam de encontro aos olhos. Este é o fato pelo qual alguns atores parecem estar rindo quando na verdade estão chorando: as bochechas, quando muito inclinadas, criam um falso sorriso, isto é, movimentam o canto dos lábios para cima. Para não se confundir, é importante notar que este sorriso não é movido pelos músculos faciais das expressões de felicidade.

 

 

 

 

Existem sinais específicos para cada emoção, que podem se manifestar como uma combinação ( vários sinais juntos) ou apenas um. Algumas vezes, apenas um sinal pode demonstrar uma emoção, no poker por exemplo, onde é preciso tentar controlar a face ao máximo, você pode notar uma leve inclinação nas sobrancelhas quando o ‘river’ é mostrado para o jogador.

Um fato curioso é que ao simular por muito tempo esta expressão, é comum que você começe a se sentir um pouco triste ou angústiado. A angústia é uma das emoções que despertam maior empatia (o que pode servir como uma pista de como foram selecionadas evolutivamente), uma prova disto pode ser nas fotos abaixo:(tente identificar os sinais que caracterizam as expressões sem se comover um pouco).

COMO ENTENDER EXPRESSÕES FACIAIS

Não seria ótimo entender a linguagem corporal dos outros? Imagina conseguir ler o que sua sogra realmente pensa sobre o que você está falando ou saber que mensagem você pode estar transmitindo ao inclinar a cabeça para o lado…

Esta semana te dou dicas sobre o significado de alguns movimentos e gestos, começando por suas feições.

Semana de comportamento no blog! Adoro o assunto e espero que gostem também!

COMO ENTENDER EXPRESSÕES FACIAIS

SORRIR: Perdoe-me o botox, mas o verdadeiro sorriso é aquele que usa também os músculos dos olhos. Quem ri por mais de cinco segundos apenas com os lábios pode estar fingindo o sentimento. Preste atenção neste detalhe, tanto na pessoa com quem você fala, como em você mesma!

PISCAR: O normal é piscar de seis a oito vezes por minuto. Sob stress, qualquer pessoa pode piscar com mais frequencia e eventualmente até de forma mais dramática. Quer saber se sua sogra está segurando um chilique ou totalmente indiferente à sua conversa? Observe seus olhos. Eles te darão a resposta.

MORDER OS LÁBIOS: Se alguém morde ou “lambe” os lábios quando está sob pressão é porque, de alguma forma, está buscando se tranquilizar. Observe isso em alguém e tente confortá-lo. Não custa nada deixar alguém mais calmo numa situação de dificuldade, né?

2013.03.18_Ler-Expressoes-Faciais

COÇAR O NARIZ: O ato de mentir vem sempre acompanhado de um surto de adrelina. Isso faz com que os capilares se expandam, fazendo o nariz coçar. Outra indicação de que a outra pessoa está mentindo é o olhar fixo. Um mentiroso normalmente tenta disfarçar ou reduzir as chances de ser desmascarado, focando seu olhar intencionalmente e por muito tempo na pessoa para quem ele está mentindo. Até o final da semana te dou outras dicas de como perceber uma mentira…

CONFIRMAR COM A CABEÇA: Fazer movimentos de concordância com a cabeça, sempre em conjunto de três, demonstra interesse naquilo que o outro está falando. Se quiser escapar de algum assunto, confirme apenas uma vez para encurtar a conversa.

BAIXAR O OLHAR: Este delicado gesto é um pedido inconsciente de apoio. Pode perceber que é uma tática muito usada por crianças pequenas, sem falar na Princesa Diana, lembra? Se perceber esse gesto em alguém, ela provavelmente espera sua empatia. Seja gentil! 

FRANZIR OS LÁBIOS: Apertar os lábios é um claro sinal de raiva. Por que? Quando uma pessoa não está verdadeiramente brava, ela tipicamente não consegue fingir este gesto, mesmo se tentar muito.

INCLINAR A CABEÇA: Inclinar a cabeça ao ouvir uma história indica que você está interessada e escutando atentatmente. De forma mais literal, significa que você está posicionando seus ouvidos para escutar melhor todos os detalhes do que a outra pessoa tem para te falar.

LEVANTAR OU ENRUGAR AS SOBRANCELHAS: Levantar uma ou as duas sobrancelas é uma expressão verdadeira de curiosidade e interesse. Sobrancelhas abaixadas indicam emoções negativas, como confusão e medo. Se a pessoa com quem está conversando não tem nenhum interesse no assunto que está falando, seja ele bom ou ruim, seu rosto não manifestará qualquer tipo de expressão.

OLHAR PARA CIMA OU PARA O LADO: Quer saber como a memória das pessoas funciona?Veja para que lado seus olhos se movem. Para lembrar de algo que viu, a pessoa posicionará os olhos para cima, como se estivesse tentando visualizar a imagem. Para lembrar de algo que ouviu, ela vai olhar para o lado, em direção à uma de suas orelhas, como se estivesse tentando escutar aquela coisa.

COMO ENTENDER POSTURA CORPORAL

Ontem falamos sobre expressões faciais e hoje é dia de entendermos o que nossa postura corporal diz aos outros e vice-versa. Veja se seu corpo não está passando uma mensagem contrária ao que você está dizendo:

EM PÉ COM AS PERNAS UNIDAS: Esta é uma posição conservadora e denota respeito e consideração com quem se fala. É a famosa posição do hino nacional, sabe? Claro que não precisa ficar igual a um soldadinho de chumbo, mas funciona super bem com pessoas mais velhas.

VIRAR O CORPO: A gente tem a tendência de posicionar nosso corpo ou pés em direção à pessoa que está recebendo nossa atenção. Se alguém, portanto, se aproximar de você e uma amiga no meio de uma conversa, e você quizer dar à recém-chegada pessoa um convite não verbal para participar do que estão falando, vire seu corpo 45 graus em direção a ela e seu convite estará automaticamente feitoÉ um sinal sutil de inclusão que mostra à pessoa que ela é muito bem-vinda.

2013.03.19_Postura-Corporal_01

EM PÉ COM AS PERNAS LATERALMENTE AFASTADAS: Essa posição, pés e pernas afastadas, sinaliza dominância e determinação. É perfeita para você defender seus argumentos em uma discussão. Se quiser ser ainda mais enfática, coloque as mãos na cintura e aí ninguém te segura! rs!

MUDAR O PESO DO CORPO DE UM LADO PARA O OUTRO OU DA FRENTE PARA TRÁS: A forma que você movimenta seu corpo reflete sua atitude. Ficar transferindo seu peso constantemente de um pé para o outro ou balançando para frente e para trás é um movimento que traz conforto numa situação de ansiedade ou nervosismo. Basicamente, essa é uma representação física do que está passando pela sua cabeça: Você está com várias coisas em andamento e não consegue parar pensar em um ou outro assunto…

2013.03.19_Postura-Corporal_02

MASSAGEAR SUA TESTA OU LÓBULO DA ORELHA: Esse é um ato tranquilizador normalmente feito em resposta à uma inquietação ou vulnerabilidade, como, por exemplo, quando você está na primeira fila de uma palestra e fica torcendo para não ser questionada ou envolvida no assunto. Esfregar as pernas com as mãos quando está sentada funciona do mesmo jeito. Esses são movimentos massageadores que ajudam a reduzir a pressão sanguínea e a frequência cardíaca.

CRUZAR OS BRAÇOS: Não se apresse na interpretação dessa postura, pois nem nem sempre ela significa raiva ou bravura… Se estiver acompanhada de pernas cruzadas, por exemplo, é uma posição defensiva. Pessoas menos passionais (mais frias) normalmente se posicionam dessa forma. Outros simplesmente acham  que é um jeito confortável de se ficar…

CAMINHAR: O ritmo das suas passadas mostra como os outros a veem. Passos rápidos normalmente acompanham pessoas produtivas e competitivas, como se precisassem estar em algum lugar muito importante. Pessoas que andam como se dessem um pequeno pulinho entre um passo ou outro são vistas como otimistas. Para um passo firme, pise descarregando seu peso do calcanhar até os dedos. Curiosamente, homens tendem a pisar mais forte com o calcanhar, e a maioria das mulheres, com o meio da planta do pé.

COMO ENTENDER MÃOS E PÉS

O que suas mãos dizem sobre você? Não, não vou ler sua mão! rs! Assim como já falamos sobre expressões faciais e postura corporal, agora chegou a hora de aprender que mensagens suas mãos e pés passam aos outros:

ABRIR AS MÃOS: Ao posicionar sua mão como se estivesse servindo alguém com uma bandeja indica que você está aberta a novas ideias. Deixar a palma das mãos para baixo ou segurando seu punho mostra que você tem uma posição forte, que pode nem sempre ser flexível.

GESTICULAR: Quem gesticula enquanto fala normalmente é mais energético, agradável e caloroso. Perceba: os lógicos e analíticos gesticulam menos. O segredo é moderação: gestos muito animados, que beiram o limite do frenético, te tornam menos confiável e poderosa.Se sentir que está extrapolando, talvez numa entrevista de emprego, por exemplo, procure conter seus movimentos enquanto fala.

ESCONDER SUAS MÃOS: Esconder as mãos no colo, ou nos bolsos ou atrás das costas, são movimentos de quem está escondendo alguma coisa. A pessoa pode estar te contando algo, mas essas pistas indicam que a história não está completa.

ROER AS UNHAS: Roer unhas ou cutucar a cutícula são sinais de falta de confiança e timidez. Tente controlar seus dedos (com as mãos cruzadas e o dedo indicador esticado) para que você não tenha chance de cutucar e pareça mais segura.

2013.03.20_Maos-e-Pes

VIRAR OS PÉS PARA DENTRO: Mesmo se estiver sentada ereta com os ombros alinhados e a cabeça erguida – todos os sinais de uma posição corporal aberta – seus pés podem te trair…Se estiverem virados para dentro, dedão apontando para dedão, demonstrarão insegurança. Preste atenção neste detalhe e seu conjunto postural estará completo!

PÉS INQUIETOS: Você já percebeu que a gente sempre fica mais inquieta quando nos sentimos desconfortáveis? E aí começam aqueles sinais de agitação, que às vezes a gente nem percebe que faz: bater o salto no chão, tirar e voltar os sapatos dos pés, balançar o pé com as pernas cruzadas. Isso é porque esses pequenos movimentos aliviam nossa tensão.O que fazer? Cruze os tornozelos para acalmar esses pés inquietos e transparecer maior tranquilidade.

CRUZAR AS PERNAS: Veja em que direção você cruza as pernas. Em uma conversa sentada, as pessoas tendem a apontar os pés da perna cruzada em direção à pessoa que elas acreditam ser mais acessível. Se inclinar o pé para cima, então, significa que os sentimentos em relação àquela pessoa são bastante positivos.

APONTAR OS PÉS EM DIREÇÃO À PORTA: Se estiver tendo uma conversa com alguém e seus pés estiverem virados para a porta, ela poderá estar inconscientemente dizendo que está pronta para cortar o papo e fazer outra coisa.

 

 

 

Olhar para Baixo e Longe: O sinal de Culpa é evidente pelo movimento dos olhos nesse padrão.

Aqui é o que chamo de expressão primária- a de Culpa. Mas não é somente a expressão de Culpa que esse político demonstra. Assim como nas cores primárias que podem ser modificadas misturando-se com outras cores, nas expressões faciais também acontece o mesmo. Elas se misturam com vários outros movimentos faciais demonstrando duas ou mais emoções ao mesmo tempo.

No caso do político, sua primária é a CULPA. A cabeça baixa também demonstra culpa, mas na tentativa de esconder o rosto, esse também demonstra vergonha. Seu enrugamento do queixo aparente demonstra Pena, Lamentação e até Tristeza.

Outro político dos Estados Unidos e Bill Clinton demonstrando sinal de Culpa (Olhar cabisbaixo) e Vergonha (tentativa de esconder o rosto). Eles também enrugam o queixo demonstrando sinais de Pena Lamentação e até tristeza. A mesmas expressões conjuntas do outro político acima, apresentando várias emoções em diversificadas expressões.

Mais dois políticos dos Estados Unidos da América. Demonstrando expressão de Culpa. Nestas fotos outro conjunto bastante evidente. Os lábios sugados para dentro, pode significar que a pessoa está a sentir preocupação ou angústia. A mesma expressão nas duas fotos.


Votação
O que você acha desse site? Dê sua nota
9|95|blue
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (696 votos)




ONLINE
7





Partilhe este Site...





Crie aqui o seu Site Grátis! Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net